Com os olhos fechados

Com os olhos fechados

Eu paro para ouvir
A suavidade de sua voz
Ecoando na minha alma.

Paraliso-me quando
Suas mãos deslizam
Suavemente sobre mim.

No beijo molhado,
Abraço apertado,
Com os olhos fechados.

Vou ao delírio, quando
Os seus lábios vem e
Selam aos meus.

Poeta
by@xandy

Deixe uma resposta