Não me contive.

Não me contive.

Hoje quando a avistei
Meu desejo fora
Ir ao seu encontro

Senti meu coração
Palpitar repetidamente
De longe fiquei apreciando.

Várias foram às vezes
Que me aproximei
De você e não falei.

Súbito foi o destino
Ao trazê-la ao meu
Encontro, não me contive.

Cumprimentei-a e a abracei
Suavemente meu lábio
Tocaram brevemente seu rosto.

Mas uma vez meu
Coração palpitou nesse
Breve e lindo encontro.

Poeta
by@xandy

Deixe uma resposta