Nessa melancolia

Nessa melancolia

O silêncio chegou
É hora de dormir
Deitar-me-ei.

Escuto o tic-tac do relógio
O pulsar de meu coração
Nesta grande solidão.

Os olhos se recusam a fechar
Tantos sons a escutar
Nada a se agarrar.

Tão pouco abraçar
Nessa melancolia
Que recusa a passar.

Poeta
by@xandy

Deixe uma resposta