Uma lágrima rolou

Uma lágrima rolou.

A tempestade veio.
Com o vendaval a
Casa destelhou.

As paredes ruíram
E caíram, não restando
Pedra sobre pedra.

A quando a tempestade
Passou nada sobrou.
Nenhuma história para contar.

O desespero assolou…
Tudo que tinha acabou
Uma lágrima rolou.

Poeta
by@xandy
30/01/19

Deixe uma resposta