Garoa fina

Garoa fina.

Sinto na minha face
As gotas desta garoa
me acariciando com suavidade.

Sinto a brisa vinda
De todas as direções
Tocando me com leveza.

Trazendo contigo o doce
Perfume da natureza
Em tua grandeza…

No ar umidificado…
Da garoa fina e fria….
E sopro suave de uma brisa…

Que veio a esfriar nesta noite,
Levando o calor do dia.
Com suavidade e amônia.

Poeta
by@xandy
Ed. Verão

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: