Enclausurados

Enclausurados

Queria sentir o vento…
Queria tocar nas flores…
Queria poder sair e caminhar.

Vejo o vento soprando…
Vejo as flores a balançarem…
Vejo os caminhos vazios.

De que adianta!
As portas e janelas abertas.
Se vivemos enclausurados.

O medo eminente…
De algo que não vemos…
Nem compreendemos.

Medo… Terror… Opressão.
Tempos difíceis, e não sabemos.
E, aprova estamos… O que fazer?

Se, é assim que me sinto!
Neste mundo absurdo.
No dia sem fim.

Poeta – by@xandy
Escritor: Alexandre Pagniozzi Gonçalves.

Enclausurados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: