Rosa negra

Rosa negra

Tão imponente e dominante.
Um doce aroma deslumbrante.
De uma delicadeza radiante.

Única é em seu glamour.
Por onde passas as marcas ficam.
Deixadas de seu espinho.

Com seu doce aroma
Fluindo das marcas penetrantes
Espinho este… Viciante.

És… Um fogo ardente.
Que queima a alma.
Incendeia o coração.

Bela e pura que és…
Uma rosa negra
Dê posse d’minha alma

Poeta-by@xandy
Alexandre Pagniozzi Gonçalves
Os direitos autorais são reservados.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: